EXTENSÃO DO COTOVELO COM CABO

Mariane Malucelli   08/01/2018

Você já prescreveu para seu cliente/paciente a extensão de cotovelos nas polias? Existem algumas variáveis mecânicas bem interessantes para serem analisadas. 

Lembre-se: braço do momento é a MENOR distância entre a LINHA DA FORÇA e o EIXO (cotovelo); é PERPENDICULAR à linha da força e ATRAVESSA o eixo.

Analisaremos o exercício no PLANO FRONTAL.

Devido às suas características mecânicas, a corda AUMENTA A RESISTÊNCIA na medida em que é ABERTA em relação ao centro.

E, mesmo que o braço do momento DIMINUA na posição final do exercício, o AUMENTO da abertura da corda faz com que a resistência AUMENTE. Isso muda todo o perfil da resistência!

Assim, na posição articular na qual seria ideal ter uma DIMINUIÇÃO da resistência (devido à diminuição da capacidade de gerar tensão dos músculos extensores do cotovelo), o que efetivamente ocorre é o AUMENTO. Esse aumento da resistência na posição em que somos mais fracos encoraja o cliente/paciente a "roubar" no exercício para cumprir a tarefa.

Como fazer para modificar esse cenário mecânico?

Uma alternativa é utilizar CORDAS MAIS LONGAS. Outra alternativa, mudar o tipo de manopla utilizada como, por exemplo, uma BARRA RETA.

Sempre lembrando: não estamos dizendo que usar corda é bom ou ruim. Estamos apenas analisando esse cenário mecânico. O profissional do exercício deve conhecer e dominar a mecânica do exercício para poder prescrevê-lo com segurança e eficiência. 

Junte-se à rede mundial RTS
Cadastre-se e recebe conteúdos como este com prioridade


Mariane Malucelli

Fisioterapeuta licenciada no Brasil e nos USA, especialista em Mecânica do Exercício, residente em traumato ortopedia na OrthoCarolina (USA). Palestrante da Cybex no Brasil entre 2003 e 2006. Diretora dos programas do RTS no Brasil desde 2003. Professora de Pós Graduação em Mecânica do Exercício, na PUC-PR e Universidade Positivo. E por último, porém o mais importante: mãe da Chloe e do Benjamin, esposa do Marcos e apaixonada pela vida!

QUEREMOS SABER O QUE VOCÊ PENSA

O que você achou deste conteúdo? Conte-nos nos comentários abaixo.

Junte-se à rede mundial RTS


Cadastre-se e receba conteúdos como este com prioridade

SOBRE
VEM COM A GENTE
ÚLTIMAS POSTAGENS