EQUAÇÃO DO EXERCÍCIO

Mariane Malucelli   29/12/2017

Vamos falar um pouco mais sobre a EQUAÇÃO DO EXERCÍCIO.

Todos os exercícios (desde musculação, pilates, yoga, natação, RPG, crossfit) são compostos pelos mesmos "ingredientes". É a manipulação desses "ingredientes" que faz com que musculação tenha "cara" de musculação, yoga tenha "cara" de yoga e pilates tenha "cara" de pilates. E também faz com que um agachamento na parede seja TOTALMENTE diferente de um agachamento com barra livre.

Os "ingredientes" são os componentes da equação do exercício, que são as variáveis a serem manipuladas pelo profissional de educação física ou fisioterapeuta.

P = Posição

M = Movimento

R = Resistência

S = Suporte

I = Intenção

E = Esforço

T = Tempo

F = Frequência

E tudo isso deve ser A = Apropriado para cada cliente/paciente.

Estamos apresentado algumas formas de manipularmos as variáveis do exercício para alcançarmos os resultados com maior eficiência e com maior controle sobre o que realmente está acontecendo no exercício.

Claro que trazemos apenas ideias mais práticas e situações para vocês refletirem sobre a necessidade do conhecimento das variáveis mecânicas para prescrição de exercício.

Junte-se à rede mundial RTS
Cadastre-se e recebe conteúdos como este com prioridade


Mariane Malucelli

Fisioterapeuta licenciada no Brasil e nos USA, especialista em Mecânica do Exercício, residente em traumato ortopedia na OrthoCarolina (USA). Palestrante da Cybex no Brasil entre 2003 e 2006. Diretora dos programas do RTS no Brasil desde 2003. Professora de Pós Graduação em Mecânica do Exercício, na PUC-PR e Universidade Positivo. E por último, porém o mais importante: mãe da Chloe e do Benjamin, esposa do Marcos e apaixonada pela vida!

QUEREMOS SABER O QUE VOCÊ PENSA

O que você achou deste conteúdo? Conte-nos nos comentários abaixo.

Junte-se à rede mundial RTS


Cadastre-se e receba conteúdos como este com prioridade

SOBRE
VEM COM A GENTE
ÚLTIMAS POSTAGENS